Escolha um país e idioma

Para todos os outros países, clique aqui.
Escolha outro país ou região para ver o conteúdo específico da sua localização.

Tratamento VNS Therapy™ em doentes pediátricos

Opção de tratamento a longo prazo para crianças com crises de difícil tratamento1

O Sistema VNS Therapy está indicado para utilização como terapia auxiliar na redução da frequência de crises em doentes cuja doença epilética seja dominada por crises parciais (com ou sem generalização secundária) ou crises generalizadas que são refratárias aos medicamentos antiepiléticos.2

VNS Therapy™ treatment in pediatric patients
As crianças podem beneficiar da VNS Therapy™ tendo menos crises, crises menos graves e mais curtas com melhor recuperação após as crises3

A VNS Therapy™ ajuda a controlar as crises

Num estudo que comparou os efeitos antes e depois do tratamento com a VNS Therapy durante 2 anos:

better recovery after seizures

Melhor recuperação após crises

children had fewer seizures

Menos crises

less severe seizures

Crises menos graves

shorter seizures

Crises mais curtas

Mais de 125.000 doentes, incluindo mais de 35.000 crianças, foram tratados com VNS Therapy em todo o mundo

Verificou-se que a VNS Therapy™ está associada a uma redução de hospitalizações e eventos relacionados com a saúde4

 

helmers_new.PNG

 

A presença de um comprometimento do desenvolvimento neurológico é uma variável importante que afeta a qualidade de vida das crianças com ERF e das suas famílias5

Os doentes com VNS Therapy™ reportaram melhorias na qualidade de vida6 

QOL.PNG

As limitações do estudo incluíram o seu desenho retrospetivo, que não foi concebido para incluir explicitamente diferentes gravidades de epilepsias na infância e que a dosagem da VNS Therapy não estava padronizada (embora refletisse a prática clínica de rotina).

O tempo não está do seu lado. Trate precocemente.

O tempo é um fator importante para otimizar os resultados num período crítico de desenvolvimento para crianças com ERF.

A VNS Therapy™ demonstrou um perfil de segurança e tolerabilidade com efeitos secundários que reduzem ao longo do tempo

Perfil de segurança

A VNS Therapy™ não tem interações medicamentosas e não causa efeitos secundários tóxicos no sistema nervoso central relacionados com medicamentos.

Os possíveis efeitos secundários incluem rouquidão ou alteração do tom de voz, falta de ar, dores de garganta e tosse. A maior parte dos efeitos secundários associados à VNS Therapy ocorrem apenas durante a estimulação, tendem a diminuir ao longo do tempo ou são eliminados ajustando as definições dos parâmetros.

As infeções são o efeito secundário mais comum do procedimento cirúrgico. As crianças com menos de 12 anos de idade, podem ter um risco de infeção superior às de 12 anos de idade ou mais e podem ter uma maior probabilidade de sofrer danos no electrocateter devido aos níveis de atividade mais elevados e ao potencial de manipular o electrocateter.

Para mais informações sobre segurança, clique aqui


Bibliografia
 

1. Morris GL, et al. Neurology. 2013; 81:1453-9. 2. Manual do médico do sistema VNS Therapy™ para a epilepsia, abril de 2021, 76-0000-5600/8 (OUS) 3. Orosz I, et al. Epilepsia. 2014 Oct. 55(10):1576-1584. 4.  Helmers et al Eur J Paediatr Neurol. 2012 Sep; 16(5):449-58 
5. Camfield C et al, Epilepsia 2001, 42(1):104–112 6. Orosz I, et al. Epilepsia. 2014;55(10):1576-84, Guia do doente para a epilepsia, novembro de 2021, 1 - 26-0009-9700/4 (OUS) 7. Renfroe et al 2002 Neurology 59 Suppl (4) 8. Soleman et al Epilepsy & Behavior 88 (2018) 139–145

Este website é destinado a profissionais de saúde em Portugal. A VNS Therapy™ para Epilepsia Refratária a Fármacos (ERF) não está disponível em todas as regiões - por favor, consulte a rotulagem específica para o seu país.